domingo, 9 de janeiro de 2011

Rios de Sangue (Blood River) - 2009


Sinopse: Quando os recém-casados Clark e Summer descobrem que estão esperando o primeiro filho, decidem ir ao Arizona para dar, pessoalmente, a boa notícia aos seus pais. No meio do deserto, sofrem um acidente e buscam ajuda na cidade mais próxima, Blood River, onde são recebidos pelo misterioso Joseph. Entre os dois homens começa uma inesperada e feroz batalha, e o jovem casal percebe o povoado oculta terríveis segredos.

Direção: Adam Mason

Elenco: Ian Duncan, Tess Panzer, Andrew Howard

Duração: 104 minutos


Download>>
Torrent - 702MB - AVI

400MB - Sem Legendas - MKV>>


ou 709MB - ( Baixar Legendas )- AVI



Comentário: Adam Mason não é lá muito aclamado pelo público, foi o responsável por A Cadeira do Diabo e Jogos Sangrentos, logo ganhando vários detratores.
E quem apostaria no cara que dirigiu duas supostas bombas? Bem, apostando ou não, Rios de Sangue, seu filme mais recente é também sua obra-prima.
Aqui, Mason deixa um pouco de lado a violência gráfica dos outros filmes pra enriquecer o suspense e o mistério que envolve a trama. E misterioso talvez seja o adjetivo mais adequado pra Blood River.
O casal Clark e Summer entram em um jogo perigoso quando encontram o estranho Joseph, o personagem central que dá linha ao clima de tensão que permeia o filme, e que se mantém através de bons diálogos e frases de efeito, sem necessariamente cair no ridículo. Há ainda um forte teor religioso e ético, e esse conflito de ideologias e crenças é representado por Joseph, o salvador e Clark, o condenado.
O bacana é ver como esses papéis se invertem durante o filme e a maneira como os segredos dos três personagens são expostos. Assim, a viagem que o casal faz no início do filme deixa de ser apenas uma viagem de família, mas se torna também uma viagem espiritual, onde cada um encontra a si, das piores maneiras possíveis. Rios de Sangue permite várias interpretações e seu final inconclusivo talvez desagrade alguns.
Adam Mason pode não saber, mas fez um filmaço.

Um comentário:

comente naquela caixinha do lado, é mais legal.