quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O Segredo da Porta Fechada (The Secret Beyond The Door) - 1947

AKA: O Segredo Atrás da Porta

 

Sinopse: Mulher se casa impulsivamente com milionário misterioso. Ao voltar da lua de mel, ela descobre que seu marido é obcecado em reconstituir cenários de assassinatos famosos. Um dos cômodos de sua coleção, porém, econtra-se trancado. Na busca por descobrir o que há no quarto trancado, a mulher começa a descobrir uma série de segredos e horrores ocultos na vida de seu novo marido.

Direção: Fritz Lang

Elenco: Joan Bennett
Michael Redgrave
Anne Revere
Barbara O'Neil



Download:

Torrent (AVI, 700 Mb):
Link Magnético

Link alternativo:
http://isohunt.com/torrent_details/36453480/The+Secret+Beyond+The+Door?tab=summary

Legenda em Português - BR:
http://www.opensubtitles.org/pt/subtitles/3642403/secret-beyond-the-door-pb

Comentário:

     "O Segredo da Porta Fechada" não só é o filme mais emblemático da fase americana de Fritz Lang, como é também sua melhor obra do período. Diz Lang ter sido inspirado pelo ótimo "Rebecca - A Mulher Inesquecível", de Alfred Hitchcock. Talvez "inspirado" seja um eufemismo: Lang beira o plágio. Afinal, o enredo de ambos os filmes é quase idêntico. Os dois começam com a mulher sem sal perdida na vida tendo um caso de amor tórrido em um país exótico. Ambos os romances terminam em casamento. Ambos os casamentos esfriam quando a esposa se muda para a mansão decadente do marido. Ambas as famílias residentes nessa mansão escondem segredos macabros que aos poucos se revelam para a esposa. E além disso, o desfecho de ambos os filme é idêntico, embora não caiba aqui uma análise mais aprofundada deles.
     O que torna então "O Segredo da Porta Fechada" um filme único é a forma como Lang, para todos os efeitos um intelectual refinado, se entrega de corpo e alma, sem medo de ser feliz, ao espírito B do cinema americano. E essa entrega fica clara nas narrações em off verborrágicas e desnecessariamente explicativas, nas atuações canastronas e em todo o enredo pseudo-freudiano sem pé nem cabeça típico do gênero. Antes disso tudo constituir um defeito, é justamente essa a virtude do filme. Com seus exageros e absurdos, "O Segredo da Porta Fechada" torna-se um longa envolvente e divertidíssimo, ao contrário da outra penca de suspenses góticos da época que também emulavam o sucesso de "Rebecca". Além disso, a liberdade e despretenção do clima B ainda garantiram a Lang a possibilidade de acrescentar algumas sequências surrealistas experimentais aqui e ali. Que por sinal lembram bastante o "Quando Fala o Coração", também de Hitchcock. A sem vergonhice dos alemães não conhece limites.

2 comentários:

  1. o enredo lembra o conto do "Barba azul".em que a mulher enxerida vai até um quarto e descobre que o marido era um tipo de serial killer medieval ou alguma coisa assim! (meu texto é muito "explicativo")!tem até uma chave manchada de sangue!! como sempre teu blog nos brinda com texto sensacionais e o que existe de melhor nos filmes de terror!vida longa Rech!!Marcos Punch.

    ResponderExcluir

comente naquela caixinha do lado, é mais legal.