segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Possuídos - Bug (2006)

Sinopse:Agnes White é uma garçonete solitária, que escapou de seu ex-marido Jerry Gross, recém-saído da prisão. Ela vive em um hotel de beira de estrada e é apresentada por R.C., sua colega de trabalho, a Peter Evans, um veterano da Guerra do Golfo. Peter é obcecado por insetos e logo se relaciona com Agnes. Porém ela passa a viver um pesadelo claustrofóbico quando diversos insetos começam a invadir sua vida.

Direção: William Friedkin

Elenco:Ashley Judd, Michael Shannon, Lynn Collins, Harry Conick Jr.







Download>>
333MB - Legendado - RMVB >http://www.megaupload.com/?d=IB8STPH9

701MB - Dublado - AVI > http://www.megaupload.com/?d=3CWKRM7M



Comentário: Para os que não sabem, Bug é dirigido pelo mesmo cara que há quase 40 anos atrás trouxe o famoso e idolatrado "O Exorcista". Mas as semelhanças param por aí. Bug é um filme totalmente psicológico, daqueles que te convidam pra entrar e te impedem de sair.
Na pele da garçonete Agnes White está Ashley Judd, em interpretação surpreendente, que lhe rendeu diversos elogios de críticos especializados. Ela, ao lado de Michael Shannon, dá o tom certo á personagem, desde o momento de total lucidez até a iminente perda da sanidade. Aliás, me arrisco a dizer que a escolha de outros atores poderia manchar o nome do diretor de vez.
O interessante é ver como Friedkin propõe esse retrocesso mental, através de diálogos aparentemente sem sentido e de pequenos cacoetes, que vão se intensificando até o instante em que quebra tudo sem remorso. Bug possui uma trama carregada e até mesmo incômoda (Andre é estudante, mora em São Paulo e tem medo de insetos). Há ainda sujeira, nudez, drogas, violência e sexo (mais motivos?). A ambientação é toda no quarto de hotel, provocando a leve sensação de claustrofobia física, e o tal "bicho", insinuado pelo título, é mais do que os insetos imaginários que atormentam os protagonistas, Friedkin realmente introduz esses seres minúsculos na cabeça de quem assiste. Se incomode!

2 comentários:

  1. Realemnte o filme incomoda, no bom sentido! Adorei, a atriz Ashley Judd merecia pelo menos uma indicação ao Oscar!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

comente naquela caixinha do lado, é mais legal.