terça-feira, 22 de março de 2011

Dia dos Mortos (Day of the Dead) - 1985

Sinopse: Os mortos-vivos dominaram a Terra, e apenas um pequeno número de humanos conseguiu resistir. Estes sobreviventes, entre eles soldados e cientistas, se refugiaram em um abrigo militar subterrâneo, mas a situação está...

Direção: George A. Romero

Elenco : Lori Cardille
Terry Alexander
Joseph Pilato
Jarleth Conroy
Antone DiLeo Jr.

Duração: 105 minutos




Download

RMVB Legendado - 330 MB - Parte Única>> http://www.megaupload.com/?d=WVYOTII8

AVI Legendado - 692 MB - Parte Única>> http://www.megaupload.com/?d=F5PAA3ZD

Comentário: “Dia dos Mortos” pode até não ter a grandiosidade de “A Noite dos Mortos Vivos” ou “Despertar dos Mortos”, isso deve-se também ao corte orçamentário que houve antes do inicio das filmagens, por Romero ter se negado a diminuir a quantidade de gore e conseqüentemente a classificação etária, o estúdio decidiu disponibilizar menos verba (cortou pela metade, para ser mais exato, ficando na casa dos 3,5 milhões, segundo filme mais caro de Romero, até então). Não que isso fosse um problema ao cineasta que anos antes havia revolucionado o gênero com um filme que custou míseros 100 mil dólares, e o resultado é digno do diretor, e pouco perde aos antecessores da série. Melhoras significativas por parte da maquiagem, o gore ganhou mais espaço, e rendeu um belíssimo final, que segundo Romero seria muito mais brutal, caso tivesse o orçamento inicialmente planejado (Imaginemos...).
Destaca-se também o ótimo roteiro, com as criticas de praxe, e a presença da figura vilanesca irritante, desta vez um militar, chamado Rhodes (faz o Cooper de “A Noite dos Mortos Vivos” parecer o bom samaritano).
Mas o principal atrativo do filme é Bub, o zumbi domesticado, que tornou-se o personagem ícone da cinematografia do diretor.
Enfim, um filmaço, e embora muitos reconheçam sua importância e qualidade, ainda assim subestimado, como todos os filmes posteriores da série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente naquela caixinha do lado, é mais legal.